fbpx
PUBLICIDADE


Marcelo Freixo nos 40 anos do PT: ‘temos que destruir o governo Bolsonaro’

O parlamentar do Rio de Janeiro, ventilado como possível nome para a prefeitura em 2020, homenageou o ex-presidente Lula e pediu unidade entre as esquerdas para destruir o governo

- Publicado no dia
Marcelo Freixo (segundo, da direita para a esquerda) ao lado de lideranças de outros partidos de esquerda no aniversário do PT (Foto: Reprodução/Facebook)

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL), que pretende disputar a prefeitura do Rio de Janeiro nas eleições de 2020 em aliança com o Partido dos Trabalhadores, participou do evento de celebração do aniversário de 40 anos da sigla dos ex-presidentes Lula e Dilma neste sábado (8). Em discurso inflamado, ele disse que a esquerda precisa se unir para “destruir o governo Bolsonaro”. [1] [2]

Segundo Freixo, a palavra “resistir” é “bonita” e “está no vocabulário da esquerda”, mas não é suficiente para expressar o objetivo de partidos como o seu PSOL, o próprio PT, o PDT ou o PCdoB. Para o deputado, Jair Bolsonaro governa em uma forma de “democracia totalitária”, iludindo a sociedade com o funcionamento do Poder Legislativo. “Não tem tanque nas ruas, mas tem tanque nas favelas”, sentenciou.


PUBLICIDADE



“A gente precisa algo mais do que ganhar tempo. A gente precisa algo mais do que suportar esse governo. A gente não precisa resistir para sobrevivermos. Nós precisamos, para sobrevivermos, destruir esse governo Bolsonaro, mas não em nome dos nossos partidos, mas em nome do nosso povo”, justificou Marcelo Freixo.

Freixo disse ainda que Bolsonaro nunca foi contrário ao “sistema”, mas sim o “esgoto do sistema”. No mesmo evento, o parlamentar disse que o senador Flávio Bolsonaro (Sem partido/RJ) deveria estar preso, enquanto a libertação de Lula merece ser celebrada.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.