fbpx
PUBLICIDADE

Holiday se manifesta após Justiça determinar penhora de Hilux de Ciro

Ex-candidato à presidência da República pelo PDT foi condenado pela Justiça a pagar R$ 39 mil em danos morais a vereador e ativista do MBL após chamá-lo de 'capitãozinho do mato'
(Foto: Felipe Cotrim / VEJA.com)
(Foto: Felipe Cotrim / VEJA.com)
PUBLICIDADE

O vereador por São Paulo Fernando Holiday (DEM/SP), coordenador do Movimento Brasil Livre, manifestou-se na tarde desta segunda-feira (27) nas redes sociais após a Justiça determinar a penhora de um veículo Hilux de Ciro Gomes para o pagamento de uma indenização ao parlamentar.

PUBLICIDADE

Ex-candidato à presidência da República pelo PDT, Gomes foi condenado em fevereiro de 2019 a indenizar Holiday em R$ 39 mil por danos morais após chamá-lo de “capitãozinho do mato”.

“Quando Ciro Gomes me ofendeu de forma racista no meio da campanha presidencial de 2018, pensou que eu fosse esquecer como tantos fizeram ao processá-lo. Hoje, ele perde um carro, mas valor algum pagará o racismo putrefato que a esquerda brasileira se utiliza e Ciro personifica”, declarou Holiday. [1]

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama