fbpx
PUBLICIDADE


Marcelo Crivella diz que Flavio Bolsonaro é vítima de ‘campanha caluniosa’

O prefeito do Rio de Janeiro está tentando associar a sua imagem à do presidente da República e afirmou que o senador e filho de Jair Bolsonaro está sendo perseguido

- Publicado no dia
Marcelo Crivella (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

O prefeito Marcelo Crivella (PRB), do Rio de Janeiro, enfrentando a baixa popularidade às vésperas de uma tentativa de reeleição no pleito municipal de 2020, está tentando “colar” sua imagem à do presidente Jair Bolsonaro. O mais recente gesto nesse sentido veio neste domingo (22): uma declaração de solidariedade ao senador Flavio Bolsonaro (sem partido/RJ).

“Presto minha solidariedade ao Senador Flávio Bolsonaro, pela grande perseguição que vem enfrentando. Quando não somos coniventes com a corrupção, é isso o que acontece: somos atacados. Mas a verdade sempre vai prevalecer. Não vão derrubar os que foram, democraticamente, eleitos”, ele publicou em sua página no Twitter.

 

Em vídeo, Crivella afirmou que o povo consagrou nas urnas “de maneira espetacular um jovem senador”, referindo-se ao filho do presidente, alegando que isso despertou uma reação. “Agora (…) se volta contra ele aquelas forças que antes apoiavam os corruptos. Por isso venho repudiar veementemente essa campanha caluniosa contra Flávio Bolsonaro e que, tenham certeza, tenta atingir também o seu pai”, sintetizou.

O presidente da República disse no último dia 15 gostar de Crivella, mas não declarou apoio oficial à sua reeleição. “Gosto do Crivella, me dou bem com ele. A população é quem vai decidir o futuro prefeito lá”, limitou-se a dizer. [1]

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.