fbpx
PUBLICIDADE

Deputado do PSL defende presença de Bonner e donos da Globo em CPMI

Filipe Barros (PSL/PR) sustentou que os proprietários do Grupo Globo devem estar presentes para 'esclarecer a sociedade brasileira os motivos pelos quais praticaram uma fake news estrondosa contra o presidente'

Foto: Reprodução/TV Senado

O deputado federal Filipe Barros (PSL/PR) defendeu, no início da reunião desta terça-feira (5) da CPMI das Fake News, que os proprietários do Grupo Globo e o jornalista âncora do Jornal Nacional, William Bonner, sejam convocados para depôr da Comissão. O que motivou o parlamentar a esse pedido foi a reportagem que foi ao ar na última semana no “Jornal Nacional”, da TV Globo, que associou o presidente Jair Bolsonaro à morte de Marielle Franco, classificada por ele como “fake news”.

“Queria me solidarizar com o presidente Jair Bolsonaro, que foi vítima de uma fake news orquestrada pela Rede Globo, da família Marinho, na semana passada, através de um jornalismo porco, sórdido, sujo e imundo. Motivo pelo qual eu apresentei um requerimento a esta comissão um requerimento de convocação do Sr. William Bonner, bem como da família Marinho”, disse.

Para o parlamentar, os “três irmãos”  proprietários da Globo devem estar presentes no Congresso para “esclarecer a sociedade brasileira os motivos pelos quais praticaram uma fake news estrondosa contra o presidente”. “Espero a seriedade de todos os membros dessa comissão que aprovem este requerimento”, concluiu.









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama