fbpx
PUBLICIDADE

Líder do Estado Islâmico ‘morreu como um covarde’, diz Trump sobre suicídio

Muçulmano Abu Bakr al-Baghdadi era líder do grupo terrorista que chegou a dominar extensas áreas territoriais no Oriente Médio e ficou conhecido pela decapitação de inimigos, estrangeiros e cristãos
Abu Bakr al-Bahdadi, líder do Estado Islâmico (Foto: AFP)
Abu Bakr al-Bahdadi, líder do Estado Islâmico (Foto: AFP)
PUBLICIDADE

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comunicou nas redes sociais na manhã deste domingo (27) que o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, se suicidou após ser localizado pelas tropas norte-americanas. [1]

PUBLICIDADE

Segundo Trump, Baghdadi teria se explodido, ao lado de duas ou três crianças, após correr para um túnel sem saída. Segundo Trump, “morreu como cachorro, como um covarde” e teve o “corpo mutilado”.

O presidente classificou ainda que, com a morte do terrorista, o mundo fica mais seguro. Como se sabe, o Estados Islâmico é um grupo fundamentalista islâmico e foi uma das principais ameaças à liberdade na década.

PUBLICIDADE

Especialmente durante o fim do governo Obama, dominou extensos domínios territoriais no Oriente Médio e ficou conhecido pela filmagem da decapitação de inimigos, estrangeiros e cristãos. Passou a ficar acuado, no entanto, com a investida das potências ocidentais em suas áreas.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama