fbpx
PUBLICIDADE


Deputados do PSL pedem expulsão de Eduardo Bolsonaro do partido

Lista de parlamentares que inclui Joice Hasselmann (PSL-SP) e o líder do partido no Senado, Major Olímpio (PSL-SP), alega que acusado cometeu ilegalidades

- Publicado no dia
Eduardo Bolsonaro (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Em novo capítulo da tensão interna do PSL, cinco parlamentares decidiram agir contra aquele que assumiu a posição de liderança da chamada “ala bolsonarista”: Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Eles se mobilizaram nesta quinta-feira (24) para pedir sua expulsão da legenda. [1]

Os responsáveis pelo pedido são figuras que vêm entrando em atritos públicos com o deputado. Assinam o documento, enviado ao presidente da sigla, Luciano Bivar, o senador Major Olímpio (PSL-SP), que é hoje o líder da legenda no Senado, e os deputados de São Paulo Joice Hasselmann, Coronel Tadeu, Júnior Bozzella e Abou Anni. O argumento é de que o parlamentar teria cometido uma série de ilegalidades.


PUBLICIDADE



“O pedido que nós fizemos é um pedido já oficial de expulsão do partido, por conta das ilegalidades cometidas lá dentro de São Paulo. E também de afastamento da executiva e até mesmo de suspensão do PSL, de expulsão da legenda”, Joice Hasselmann argumentou, tendo dito ainda que o filho de Jair Bolsonaro é “desprovido de massa cinzenta”. A destituição de diretórios municipais e sua substituição por comissões provisórias seria um exemplo dessas ilegalidades.

Eduardo afirmou não ter sido notificado ainda: “Estou esperando ser notificado oficialmente de qualquer dessas decisões. Porque, até agora, não sei, as pessoas estão falando, mas quem é que está movendo, onde é que está protocolado isso? Para mim, não chegou nada oficial”, disse.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.