fbpx
PUBLICIDADE


‘Se seguir dessa forma, nós vamos ter um Temer melhorado’, diz Nando Moura sobre Jair Bolsonaro

Reunido com outros dois críticos em vídeo divulgado nesta quinta-feira (17), o youtuber avaliou o quadro do primeiro ano do governo Bolsonaro

- Publicado no dia
Nando Moura dialogou com dois youtubers que também estão sendo críticos ao governo (Foto: Reprodução/Youtube)

O youtuber Nando Moura realizou nesta quinta-feira (17) mais um capítulo de sua escalada de questionamentos ao governo de Jair Bolsonaro. Em mesa redonda reunindo outros dois youtubers, ele sustentou sua posição e avaliou os riscos em que estaria incorrendo o presidente da República.

Os convidados de Nando Moura eram Fabio Rapp e Felipe Ferreira, que vêm concordando com os apontamentos que Nando vem fazendo. Os três se manifestaram favoravelmente à Operação Lava Toga, endossando os apelos do jurista Modesto Carvalhosa, para quem essa investigação legislativa contra elementos do Poder Judiciário não seria inoportuna ou prejudicial ao andamento das reformas estruturais.

Moura questionou o comportamento de Bolsonaro, insultando lideranças europeias, como a premiê alemã Ângela Merkel e o presidente francês Emmanuel Macron, mas falando em “casamento” com lideranças do chamado “Centrão” no Brasil, a exemplo do presidente da Câmara Rodrigo Maia. Também criticou a tensão no PSL, partido do presidente: “50 bons deputados obstruem tudo, mas Bolsonaro mandou uma MP lá e o próprio PSL está obstruindo a medida que ele mandou. Parece um circo e cada um está correndo para um lado”.

Outro detalhe que incomodou muito Nando Moura e seus companheiros na transmissão foi a nomeação do procurador-geral da República, Augusto Aras. Fabio Rapp pontuou que os ataques bolsonaristas a Deltan Dallagnol, aventado no passado para o cargo, sob o argumento de que ele seria “esquerdista” não se justificam, considerando-se que Augusto Aras “também é”: “não acredito que ele tenha mudado de forma tão diametralmente oposta”, opinou.


PUBLICIDADE



Aspectos positivos e negativos

Nem tudo é tão negativo, segundo Nando Moura. Ele elencou a medida provisória da liberdade econômica, o avanço no acordo entre Mercosul e União Europeia e o que considera “o maior projeto ferroviário desde o tempo da monarquia” como marcas muito positivas deste primeiro ano do governo Bolsonaro. Fabio Rapp concordou, dizendo que Bolsonaro faz, apesar de tudo, “dos últimos cem anos, o melhor governo”.

No entanto, nenhuma dessas conquistas estaria sendo divulgada e propagandeada pelo próprio governo e por suas bases como deveria e também serão insuficientes, na opinião de Nando Moura, se “a estrutura que blinda os políticos, que blinda o projeto de poder comunista, (…) não for atacada a tempo”. Se assim for, o youtuber avalia que “nós vamos ter um Temer melhorado”.

Entre as provas de que o governo não está adotando o comportamento ideal, Nando Moura menciona “a lei de abuso de autoridade, o fundão eleitoral, petista na PGR, Coaf paralisado, CPI das Fake News, CPI da Vaza Jato, lei das Fake News, inquérito do STF, pagamento de advogado com fundo partidário sancionado pela caneta presidencial, flexibilização da forma de doação de partidos”, entre outros problemas que o país estaria enfrentando.

“Nós estamos vendo esse fluxo de sem-vergonhice acontecendo. (…) Se isso não é falado agora, a esquerda já está no poder, ela nunca saiu de lá, porque todas as pautas estão ali direto. Se você tem todo o sistema para blindar políticos para que eles nos roubem no futuro, (as conquistas do governo) adianta (m) de quê?”, arrematou. Confira o vídeo completo:

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.