fbpx
PUBLICIDADE


Reforma tributária deve ser votada na CCJ do Senado no início de outubro

Projeto mais avançado sobre o tema até o momento prevê a instituição de um Imposto sobre Operações de Bens e Serviços (IBS), que segue o conceito do IVA e deve fundir impostos cobrados pela União

- Publicado no dia
Reunião da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal deve votar já no dia 2 de outubro um primeiro projeto de reforma tributária.

A data foi antecipada nesta quarta-feira (18) pela senadora Simone Tebet (MDB/MS), presidente da comissão, após a apresentação do relatório do senador Roberto Rocha (PSDB/MA).

A reforma vem em forma de Proposta de Emenda Constitucional (PEC) e se baseia na criação de um novo imposto no modelo IVA, que incide sobre o valor agregado de produtos e serviços.


PUBLICIDADE



Com o nome de Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS) a ideia é que o projeto surja para fundir os tributos da União. Paralelamente, poderá existir outro tributo no mesmo conceito para unificar a cobrança do ICMS e do ISS.

A PEC prevê ainda um período de transição entre os sistema atual e o novo sistema que funcionaria ao longo de dez anos. O governo está acompanhando as discussões, mas deve formular  uma proposta própria nas próximas semanas.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.