fbpx
PUBLICIDADE


RJ: Projeto de lei quer priorizar oportunidade de estágio a menores infratores e gera críticas

Projeto de lei da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro foi assinado por 16 deputados estaduais, sendo 5 do PSOL e até um do PSL; medida foi criticada por dar mais oportunidade a jovem com conduta errada

- Publicado no dia
Arrastões em praias no Rio de Janeiro costumam ser cometidos por jovens infratores que seriam priorizados pela lei (Foto: Reprodução)

Um projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro no início de agosto quer priorizar oportunidades de estágio na administração pública a jovens que estejam cumprindo medidas socioeducativas, como os menores infratores. A ideia gerou críticas na sociedade. [1]

De coautoria de 16 deputados estaduais (sendo cinco do PSOL e até um do PSL, o deputado estadual Marcio Gualberto), a medida propõe instituir o “Programa Estadual de Aprendizagem” para criar uma “experiência prática técnico-profissional” aos que dele participarem.


PUBLICIDADE



Ao todo, seriam criadas pelo menos 500 oportunidades ao ano para esses jovens até atingir o número de 3% do total de servidores públicos estaduais.

Nas redes sociais, uma das vozes que criticaram a medida veio do procurador Marcelo Rocha Monteiro. “Então, meu amigo, se aquele seu filho ou sobrinho de 17 anos – que sempre levou uma vida correta – estiver disputando uma vaga de emprego (aprendiz) com um outro adolescente que já praticou roubo à mão armada, a preferência é… do assaltante”, opinou.

A medida, agora, será apreciada em comissões temáticas e, se aprovada, irá à plenário.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.