fbpx
PUBLICIDADE


MBL e Catraca Livre fazem debate sobre radicalismo, diálogo e polarização

Críticas ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, marcaram a conversa entre influenciadores de campos políticos diferentes

- Publicado no dia
Fernando Holiday e Gilberto Dimenstein no debate (Foto: Reprodução/Youtube)

Por iniciativa do Movimento Brasil Livre, o próprio MBL e o site Catraca Livre organizaram nesta sexta-feira (23) um debate ao vivo no Youtube sobre o radicalismo, o diálogo político e a polarização. A ideia é iniciar um movimento de aproximação e conversa entre os campos políticos divergentes.

Esse foi um dos movimentos do projeto do “MBL 3.0”, que pretende justamente transformar a linguagem do debate político e promover pautas comuns entre pensamentos diferentes. As personalidades presentes ao debate foram, pelo lado do MBL, o vereador Fernando Holiday (DEM-SP) e o deputado Vinicius Poit (NOVO-SP) e, do outro lado, os jornalistas Gilberto Dimenstein, dono do Catraca Livre, e Leonardo Sakamoto.

A conversa perpassou a importância das redes sociais como um meio que teria permitido a formação de “bolhas” onde apenas as pessoas com o mesmo pensamento se relacionariam. Ao longo do vídeo, o tema da polêmica do meio ambiente surgiu, bem como críticas de todos os debatedores ao comportamento de Jair Bolsonaro e uma suposta inadequação do presidente à “liturgia do cargo”.

Questionado por Dimenstein, Point disse que Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente filiado ao Partido Novo, precisaria ser convidado. “É a chance dele mostrar atitude, é a chance de ele mostrar um plano sério de combate ao desmatamento, é a chance dele de falar de um pagamento de serviços ambientais e fazer isso rodar no Brasil”, afirmou. Já Holiday disse que a atitude de negar o aquecimento global por parte do governo é resultado da influência do filósofo Olavo de Carvalho. Confira o vídeo completo:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.