fbpx
PUBLICIDADE


Associação dos diplomatas responde crítica sobre turma Marielle Franco

Notícia de que a turma de formandos que iniciou os estudos no Instituto Rio Branco em 2016 escolheu a vereadora do PSOL assassinada em 2018 como patrona da formatura gerou críticas do senador Flávio Bolsonaro

- Publicado no dia
Foto: Divulgação

A Associação e Sindicato dos Diplomatas Brasileiros divulgou uma nota neste domingo (18) afirmando que a nomeação de Marielle Franco, vereadora assassinada em 2018 e filiada ao PSOL, como patrona da turma de 2016 do Instituto Rio Branco “não representa necessariamente opção ideológica dos formandos, menos ainda dos integrantes do Ministério das Relações Exteriores”. [1]

A notícia viralizou nos últimos dias e foi até mencionada pelo senador Flávio Bolsonaro (PSL/RJ), em entrevista ao canal GloboNews, como prova de que o Itamaraty está contaminado por ideologia e a indicação do irmão, Eduardo, à embaixada em Washington (EUA) é acertada.


PUBLICIDADE



“A eleição do patrono/patrona de cada turma é democrática, e ao longo dos anos já foram homenageadas personalidades que perpassam todo o espectro político. A escolha do nome da Vereadora representou essencialmente ato de repúdio a seu covarde assassinato e de defesa da liberdade de expressão, um dos princípios básicos da democracia, e como tal deve ser respeitada e entendida”, concluiu a nota.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.