fbpx
PUBLICIDADE


João Amoêdo critica caminhão do PSL parado na Praia de Copacabana

Presidente do Partido Novo afirmou que estava se exercitando quando se surpreendeu com a estrutura do PSL, que havia parado caminhão no meio da rua e contava com a proteção da Prefeitura

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/Instagram

Presidente do Partido Novo e ex-candidato ao Palácio do Planalto em 2018, João Amoêdo criticou neste sábado (18) um ato do PSL, sigla do presidente Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro. Nas redes sociais, Amoêdo relatou o que houve:

“Saí para correr e olha o que encontrei na Avenida Atlântica [em Copacabana]: um caminhão de filiação do PSL no meio da rua e com proteção da Prefeitura. Fiquei imaginando se os outros 32 partidos pudessem fazer a mesma coisa”, comentou. A publicação teve quase 40 mil curtidas.


PUBLICIDADE



Neste sábado (17), o PSL organizou Brasil afora diversos atos de filiação partidária. O objetivo da legenda é estar entre os 10 partidos com mais filiados do país até 2020.

 

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.