fbpx
PUBLICIDADE

Eike Batista na Câmara: ‘Sou nacionalista, mas o Brasil é maior que a Petrobras’

Ex-dono da OGX, empresa petroleira que competiu com a Petrobras, Eike Batista respondeu de modo sereno os parlamentares e especulou que país pode produzir tanto petróleo quanto a Arábia Saudita até 2030
Eike Batista na Câmara dos Deputados (Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados)

Eike Batista na Câmara dos Deputados (Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados)

O empresário Eike Batista, em depoimento nesta terça-feira (6) na Câmara dos Deputados para a CPI do BNDES, defendeu o regime de leilão dos campos do pré-sal.

“Sou um ferrenho nacionalista. Mas não temos os recursos, nem gente técnica suficiente, para tirar esse volume de petróleo que deveríamos tirar até 2030. Se os leilões ocorrerem, cabe a vossas excelências [parlamentares] taxarem as multinacionais de maneira adequada, mas não limitarem essas empresas. Sempre falei: a Petrobras é maravilhosa, mas o Brasil é muito maior do que a Petrobrás”, disse.

O empresário, que chegou a ser preso na Operação Lava Jato, afirmou que o Brasil não deve perder “a oportunidade de leiloar bem, vender bem, e deixar essas empresas [estrangeiras] ajudarem a criar essa riqueza [do pré-sal]”. Mais adiante, afirmou que “ousa dizer” que o Brasil poderá produzir até 2030 tanto petróleo quanto a Arábia Saudita e que os resultados do pré-sal surpreenderam até a Petrobras.









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama