fbpx
PUBLICIDADE


Suspensão da investigação contra Flávio Bolsonaro é ‘preocupante’, diz Janaina

Deputada estadual mais votada do Brasil, a parlamentar do PSL mostrou-se preocupada com os efeitos da decisão do ministro Dias Toffoli que suspendeu investigações em andamento contra filho do presidente

- Publicado no dia
Janaína Paschoal (Marcelo Camargo / Agência Brasil)

A decisão desta terça-feira (16) do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, de suspender as investigações em curso contra o atual senador Flávio Bolsonaro (PSL/RJ) suscitou uma série de críticas advindas de setores da direita. Uma das mais fortes veio da deputada estadual Janaina Paschoal, do PSL, mesmo partido de Flávio e Jair Bolsonaro.

Nas redes sociais, a parlamentar classificou a medida como “preocupante” e que “pode significar uma derrota considerável contra a corrupção e um primeiro passo para anular processos e até condenações”.

“Muitos inquéritos em trâmite na Polícia Federal se iniciaram por representações ministeriais oriundas de notificações do COAF e da Receita Federal. Se entendi bem, a decisão do Ministro vai parar tudo”.  [1]

Os comentários de Paschoal foram compartilhados pelo Movimento Brasil Livre no Twitter. A entidade avaliou que Toffoli “usou o pedido de Flávio Bolsonaro” para “suspender todas as investigações com dados do COAF que começaram sem autorização da justiça”. [3]

Críticas da Lava Jato

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, quem também criticou a decisão de Toffoli foi o coordenador da Lava Jato no Ministério Público do Rio de Janeiro. Segundo ele, a decisão de Toffoli “suspenderá praticamente todas as investigações de lavagem de dinheiro no Brasil”.

“[O ministro] ignora o macrossistema mundial de combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento ao terrorismo e aumenta o já combalido grau de congestionamento do judiciário brasileiro”, afirmou. [2]

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.