fbpx
PUBLICIDADE


Donald Trump define debate de candidatos do partido Democrata: ‘chato’

Debate de candidatos da sigla mais importante além do partido de Trump teve favorita defendendo o aborto e a extensão de seguro de saúde para todos

- Publicado no dia
Donald Trump (Foto: Reprodução / Skynews)

Os candidatos do Partido Democrata que desejam concorrer contra o Republicano Donald Trump à presidência dos EUA em 2020 fizeram seu primeiro debate nesta quarta-feira (26) pelas primárias. O atual presidente teve poucas palavras ao comentar sua percepção do debate. Na verdade, apenas uma. [1]

“Chato”, ele publicou laconicamente em seu Twitter. O presidente assistiu a um debate em que seus potencias adversários discutiram seus objetivos econômicos, seus planos para o sistema de saúde americano, o meio ambiente e a crise dos imigrantes na fronteira ao Sul do país.

 


PUBLICIDADE



Dando a tônica das discussões, a senadora Elizabeth Warren, uma das favoritas, defendeu os cuidados de saúde como “direitos humanos” e acusou seus críticos de falharem na luta por essa prerrogativa. Ela disse que concorda com o também senador Bernie Sanders, conhecido por seu socialismo declarado, em que deveria haver um projeto de universalização do Medicare, plano de seguros de saúde ofertado a pessoas de baixa renda e idosos.

Warren também defendeu enfaticamente o direito ao aborto e não conseguiu pensar em casos em que apoiaria restrições. “Eu me certificaria de que toda mulher tenha acesso a toda a gama de serviços de saúde reprodutiva – e isso inclui controle de natalidade. Isso inclui aborto. Isso inclui tudo para uma mulher”, afirmou.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.