fbpx
PUBLICIDADE

Congresso aprova que governo emita títulos para gastar em despesas correntes

Medida foi aprovada por unanimidade após governo Bolsonaro e oposição chegarem a um acordo de que parte da verba será utilizada, entre outros projetos, para liberar R$ 1 bilhão que estava contingenciado na educação
(Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Sessão conjunta do Congresso Nacional presidida pelo senador Davi Alcolumbre, presidente do Congresso (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

O Congresso Nacional aprovou na noite desta terça-feira (11) o pedido do governo federal para emissão de R$ 247,9 bilhões de títulos do Tesouro Nacional para usar os recursos em despesas correntes. O projeto foi aprovado com unanimidade após um acordo entre governo e oposição. [1]

Com a medida, o governo poderá descumprir a regra de ouro e contrair as dívidas necessárias para cumprir o orçamento do ano. A excepcionalidade da medida é um reflexo da crise orçamentária do país.

Pela período da tarde, governo e oposição acertaram que o governo liberaria, com a receita, R$ 1 bilhão para a educação que estava contigenciado, além de R$ 330 milhões para o CNPq em bolsas de estudo.









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama