fbpx
PUBLICIDADE


Ex-ministro do governo de Margaret Thatcher visita governo de São Paulo

O membro do Partido Conservador britânico é defensor do Brexit; visita pode ser vista como parte do esforço dos círculos em torno de Doria por enfatizar discurso e metas liberais

- Publicado no dia
Peter Lilley discursando (Foto: Reprodução / The Times)

Por iniciativa do Instituto Brasil 200 e do presidente executivo do Fundo Social de São Paulo, Filipe Sabará, o governo de São Paulo teve um encontro diplomático importante nesta sexta-feira (7) no Palácio dos Bandeirantes. Uma delegação britânica esteve no estado com o objetivo de firmar acordos bilaterais e buscar opções de investimento. A pauta liberal foi tema do encontro.

O estado governado pelo tucano João Doria foi o único a receber a delegação, que procura viabilizar parcerias e investimentos em projetos como a Praça da Cidadania, que pretende promover autonomia e geração de renda em comunidades socialmente vulneráveis de São Paulo. O grande destaque da delegação britânica foi Lord Peter Lilley, congressista membro da Câmara dos Lords e ex-ministro da Indústria e Comércio no governo da famosa premiê Margaret Thatcher, notabilizada por suas reformas privatistas.


PUBLICIDADE



Lilley também redigiu alguns dos discursos da icônica líder conservadora. Além dele, os congressistas John Major e Daniel Hannan e o presidente da Iniciativa para o Livre Comércio no país. Jonathan de Lesley, também marcaram presença. Filipe Sabará destacou a importância de enxugar a máquina pública e fomentar projetos para o desenvolvimento de indivíduos.

Os visitantes britânicos enalteceram para os paulistas “a importância do liberalismo para o desenvolvimento econômico” e pontuaram que a saída do Reino Unido da União Europeia abre possibilidades para novas parcerias com outros países como o Brasil. O encontro pode ser visto como mais um marco da tentativa de Sabará e dos círculos em torno de João Doria de firmar um discurso afeito ao liberalismo.

Encontro entre governo de São Paulo e delegação britânica (Foto: Luana Oliveira)

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.