fbpx
PUBLICIDADE

Refugiados denunciam presença de inteligência venezuelana no Brasil

SEBIN chegou a receber treinamentos do serviço de inteligência de Cuba e, agora, surgem relatos de que seus agentes circulam em países como Brasil e Colômbia, aterrorizando militares e líderes políticos refugiados
Veículo militar de Maduro atropela manifestantes em Caracas (Foto: Reprodução/YouTube)
Nicolás Maduro (Foto: Reprodução / Diário do Acionista)
PUBLICIDADE

Refugiados venezuelanos no Brasil estão denunciando a presença de agentes do ditador Nicolás Maduro em território brasileiro. A informação foi publicada originalmente nesta segunda-feira (3) pelo jornal O Globo. [1]

PUBLICIDADE

Segundo a publicação, a atuação dos homens do Serviço Bolivariano de Inteligência (SEBIN) estaria ainda concentrada no estado de Roraima e visando a perseguição dos principais refugiados, como líderes políticos e militares desertores.

“São pessoas que andam com roupas normais, não estão uniformizadas”, alertou um dos entrevistados.

PUBLICIDADE

A publicação procurou ouvir fontes do governo brasileiro, que teriam afirmado desconhecer a situação.

A atuação internacional dos agentes da SEBIN, contudo, não estaria restrita ao Brasil. Na Colômbia, que recebe a maior parte dos desertores militares, denúncias similares já estão ocorrendo, inclusive com tentativas de sequestro relatadas.

O SEBIN

Na Venezuela, o SEBIN é conhecido por ser uma das instituições mais fiés ao ditador Nicolás Maduro. A agência de inteligência foi criada por Hugo Chávez e ficou reconhecida pela truculência no modo como reprimem os opositores e pela forte associação com o regime cubano.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?