PUBLICIDADE


Influenciadores repercutem manifestações nacionais contra contingenciamento na Educação

Muitos influenciadores, apesar de criticarem as manifestações de rua, também pontuaram que elas foram resultado de falhas ou falta de habilidade do governo

- Publicado no dia
Manifestações ocorreram em mais de 100 cidades (Foto: Reprodução / IstoÉ)

O contingenciamento de verbas realizado pelo governo, que atingiu a Educação, suscitou manifestações por todo o país nesta quarta-feira (15). Estudantes, agremiações partidárias e entidades sindicais protestaram contra a medida e influenciadores do ecossistema pró-liberdade repercutiram o contexto político por trás disso. O Boletim selecionou algumas dessas reflexões para dividir com os leitores.

Muitas abordagens, embora críticas aos manifestantes, também foram críticas ao governo. Alguns influenciadores e movimentos entenderam que equívocos no comportamento do governo e na maneira por que o presidente e o Ministério da Educação lidaram com o assunto provocou a união de setores oposicionistas para uma demonstração de força em público. Confira:


PUBLICIDADE



Renan Santos, coordenador do Movimento Brasil Livre

Guilherme Macalossi, jornalista 

Movimento Brasil Livre

Rodrigo Constantino, economista e colunista da Gazeta do Povo

João Amoêdo, fundador do Partido Novo

Sérgio Sá Leitão, ex-ministro da Cultura

Paulo Gontijo, presidente do LIVRES

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Leia também:  João Amoêdo sobre atos do dia 26: 'Não participarei das manifestações'
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.