fbpx
PUBLICIDADE


MBL lança campanha para conversar com pedestres sobre reforma da Previdência

Movimento Brasil Livre lança ação “Contra a Previdência, me convença!” e estará presente em 19 estados e no Distrito Federal, durante todo o mês de maio

- Publicado no dia
Equipe do MBL que realizou ato em prol da Previdência em Brasília (Foto: Rafael Bastos)

O Movimento Brasil Livre lançou em maio mais uma campanha para apoiar a reforma da Previdência. De abrangência nacional, o intuito é conscientizar a população sobre a necessidade da medida e foi batizada de “Contra a Previdência, me convença!”.

No último sábado (4), membros da seção de Brasília do MBL estiveram na Praça dos Três Poderes para um ato do projeto. Além de erguerem um cartaz a cada vez que o sinal fechava, divulgando a posição do MBL para motoristas, o grupo interagia com pedestres sobre o tema. O Boletim da Liberdade esteve presente e conversou com o coordenador da entidade na capital, Ian Garcez.

“No momento em que a reforma da Previdência encontra dificuldades no Congresso Nacional, acreditamos que seja novamente o momento das instituições da sociedade civil organizada, como o MBL, fazerem sua parte no processo de conscientização e união da população a favor deste projeto, que é essencial”, opinou o ativista.


PUBLICIDADE



Efeito Temer

A reforma da Previdência tem sido a principal pauta do início do governo Bolsonaro, mas não é a primeira vez que o assunto vem à tona. Durante o governo do ex-presidente Michel Temer, houve a tentativa política, sem sucesso, de aprovar a reforma. Após seguidas acusações de corrupção e baixa popularidade do presidente, acabou não indo avante.

Para Ian Garcez, “a resistência ao projeto era muito maior”. “Com os olhos no próprio capital eleitoral, os políticos que formavam a base daquele governo sugeriam para as massas de desavisados que a reforma visava liquidar com pobres nordestinos por conta da menor expectativa de vida na região”, opinou.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.