fbpx

Ativistas da candidatura avulsa voltam a se mobilizar para levar a causa adiante

Deputada estadual de São Paulo, Janaina Paschoal (PSL) organizará audiência pública na ALESP para debater o tema, enquanto que advogados Mezzomo e Carvalhosa querem que debate volte ao STF
Rodrigo Mezzomo, autor e advogado da ação, manifestou-se na tribuna do Supremo Tribunal Federal durante o início do julgamento de sua ação (Foto: Reprodução/Facebook)

Forte em 2017, ativistas que lutam pelo direito das candidaturas independentes pretendem resgatar o assunto nos próximas semanas. Agora, a turma terá o reforço da deputada estadual de São Paulo Janaina Paschoal (PSL), coautora do impeachment que culminou no afastamento da ex-presidente Dilma Rousseff.

No dia 10 de maio, Paschoal organizará na ALESP uma audiência pública sobre candidaturas avulsas. Um dos convidados é o advogado Rodrigo Mezzomo, radicado no Rio de Janeiro e que deu entrada ao processo no STF que será julgado como tendo “repercussão geral“.

[wp_ad_camp_1]

Na ação, Mezzomo – que tentou candidatar-se à prefeitura do Rio em 2016 sem estar filiado a qualquer partido – argumenta que o Brasil é signatário do Pacto San José da Costa Rica. O processo tem como relator o ministro Roberto Barroso, que receberá nas próximas semanas um memorial do próprio Mezzomo e do jurista Modesto Carvalhosa pedindo que a nova audiência seja logo posta em pauta.

Assim que Barroso sinalizar ao presidente do STF, Dias Toffoli, que completou novamente seu voto, o processo estará apto para que possa entrar em pauta novamente.

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?