fbpx
PUBLICIDADE

Guaidó tem chances reais de assumir presidência e ser respaldado por militares, analisa político venezuelano

Político de oposição da Venezuela e ex-deputado federal garantiu ao Boletim da Liberdade, com exclusividade, que agravamento da crise econômica poderá gerar ruptura nos próximos meses
Juan Guaidó (Foto: Federico Parra/AFP)
Juan Guaidó (Foto: Federico Parra/AFP)

As chances de Juan Guaidó conseguir assumir, de fato, a presidência da Venezuela não são tão pequenas como se pode pensar. Quem garantiu isso neste sábado (6) foi um ex-deputado venezuelano a que o Boletim da Liberdade teve acesso com exclusividade.

Político influente e de um partido de oposição ao chavismo, o parlamentar, que preferiu não se identificar, afirmou que “Maduro está abaixo de grande pressão interna” e que pesam contra o regime as “difíceis condições econômicas”.

O venezuelano salientou ainda que a crise no país poderá ser agravada ainda mais nos próximos meses devido a situação da PDVSA, estatal petrolífera sob comando de Maduro.





“Quando isso ocorrer, é possível que haja uma ruptura. Mas eu não posso afirmar para onde irá se mover o poder nesse cenário. Contudo, minha especulação é que hoje Guaidó teria 50% das chances de assumir [a presidência] em uma mudança”, garantiu o político, complementando em seguida que os militares seriam os primeiros a “reconhecer e respaldar” o interino.

Em 2019, a economia da Venezuela deve encolher 25%, segundo projeção do Banco Mundial. [1]

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama