fbpx
PUBLICIDADE

Vídeo divulgado pelo Planalto defende instauração do regime militar em 1964

Filme foi divulgado em lista de transmissão para jornalistas ligado ao um número celular do Palácio do Planalto; jornal 'Folha de S. Paulo' confirmou com a Presidência da República de que o disparo foi autorizado
Ator dá sua versão sobre os acontecimentos de 1964 (Foto: Reprodução/Facebook)
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE


Ator dá sua versão sobre os acontecimentos de 1964 (Foto: Reprodução/Facebook)

O Palácio do Planalto divulgou, neste domingo (31), por meio de um número do WhatsApp, um vídeo que celebra o regime militar de 1964. No filme, um homem narra sua versão dos fatos. [1][2]

O ator defende que o Exército salvou o Brasil e que sua ação em 64 foi fruto da vontade da sociedade civil, que estava alarmada com a situação do país no governo João Goulart.

O filme não contém o logotipo do governo e, até a publicação desta matéria, não havia sido divulgada nos canais institucionais da Presidência.

Assista:

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Siga o Boletim

Leia também