PUBLICIDADE


Vídeo divulgado pelo Planalto defende instauração do regime militar em 1964

Filme foi divulgado em lista de transmissão para jornalistas ligado ao um número celular do Palácio do Planalto; jornal ‘Folha de S. Paulo’ confirmou com a Presidência da República de que o disparo foi autorizado

- Publicado no dia
Ator dá sua versão sobre os acontecimentos de 1964 (Foto: Reprodução/Facebook)

O Palácio do Planalto divulgou, neste domingo (31), por meio de um número do WhatsApp, um vídeo que celebra o regime militar de 1964. No filme, um homem narra sua versão dos fatos. [1][2]

O ator defende que o Exército salvou o Brasil e que sua ação em 64 foi fruto da vontade da sociedade civil, que estava alarmada com a situação do país no governo João Goulart.

O filme não contém o logotipo do governo e, até a publicação desta matéria, não havia sido divulgada nos canais institucionais da Presidência.

Assista:


PUBLICIDADE


★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.