fbpx
PUBLICIDADE


Joice Hasselmann sobre PPS: ‘ainda consta como sendo do Foro de São Paulo’

Deputada comentou a mudança de nome do partido para Cidadania e foi repreendida por líder da sigla na Câmara; publicação não está mais em sey Twitter

- Publicado no dia
Joice Hasselmann (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O Partido Popular Socialista (PPS) aprovou em Brasília a mudança de nome para Cidadania neste sábado (23). A mudança motivou uma crítica da deputada do PSL, Joice Hasselmann, líder do governo Bolsonaro no Congresso. [1] [2]

Não é a primeira vez em que a sigla muda de nome. O PPS é o antigo Partido Comunista Brasileiro (PCB), que mudou de nome há 27 anos. Na época, seu maior representante, o atual presidente nacional Roberto Freire, defendia que o partido se chamasse Partido Democrático de Esquerda. A agenda do Cidadania, segundo ele, é a defesa de uma visão de “globalização, internacionalista e em defesa da imigração”, contra a “diferença entre os seres humanos”.


PUBLICIDADE



Entre os membros do PPS, está o deputado ligado ao movimento Livres, Marcelo Calero (RJ), que foi ministro no governo Temer. De acordo com Joice Hasselmann em seu Twitter, o PPS é o “ninho dos movimentos AGORA e RENOVABR” e “ainda consta como membro do Foro de São Paulo”, associação de partidos e movimentos de esquerda fundada por lideranças como Lula e Fidel Castro em 1990.

O deputado Daniel Coelho, líder do Cidadania na Câmara, afirmou à colega que está “sem acreditar que tenha tratado com tom de ironia um partido que trata de forma responsável os assuntos do país, sem pedir nada em troca, sem toma lá, dá cá, que faz mais defesa da necessidade da reforma da Previdência do que os deputados do seu PSL”. A publicação da deputada foi excluída de seu Twitter.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.