fbpx

Ela não: Bolsonaro se nega a receber Daniela Mercury para falar de Lei Rouanet

Presidente havia divulgado uma paródia da canção de Mercury e Caetano Veloso em que a letra crítica diz que não será mais permitido o uso do dinheiro do povo; cantora se enfureceu e se propôs a conversar
Daniela Mercury e Caetano Veloso na gravação do clipe (Foto: Reprodução / Facebook)

O presidente Jair Bolsonaro manifestou-se na noite desta terça-feira (5) sobre a possibilidade de conversar com a cantora Daniela Mercury sobre a Lei Rouanet. Sem citar nomes, afirmou que receber “‘renomados’ que já se beneficiaram” da Lei Rouanet para discuti-la “não passa de piada”. [1]

A mensagem veio após a cantora, por meio de nota disparada por sua assessoria de imprensa, se propor a conversar com o presidente sobre a lei, que defende. Segundo ela própria, em 20 anos de profissão, recebeu R$ 1 milhão para montar seus trios elétricos e que a lei tem sido alvo de distorções, subentendendo que não seria compreendida por Bolsonaro. [4]

“Se tive cerca de 1 milhão de verba pública nesses 20 anos, isso significa que o restante (9 milhões) paguei ou do meu bolso diretamente ou com o patrocínio de empresas privadas”, reclamou a artista, como se investir em um empreendimento artístico em que ela tem benefícios individuais fosse um favor à sociedade.

Leia também:  PF cumpre mandados de busca e apreensão na casa e gabinete de Carlos Bolsonaro

[wp_ad_camp_1]

Nas eleições de 2018, Mercury foi uma das artistas que se mobilizaram no movimento “Ele Não”, contra o então candidato Bolsonaro. Em uma das ocasiões chegou a ser vaiada no próprio show. [2][5]

Como teve início o bate boca

No final da manhã desta terça (5), Bolsonaro já havia provocado Mercury e Caetano Veloso, indiretamente, por compartilhar um vídeo crítico à canção que os dois lançaram em fevereiro chamada “Proibido o Carnaval”, com indiretas ao governo.

A paródia compartilhada por Bolsonaro diz que “tem gente ficando doida sem a tal Lei Rouanet”. “O nosso carnaval não está proibido, mas com dinheiro do povo não será mais permitido”, conclui a canção. [3]

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?