fbpx
PUBLICIDADE

Da Lava Jato para o Brasil: Deltan Dallagnol pode substituir Dodge

Atual procuradora-geral da República, Rachel Dodge denunciou Jair Bolsonaro por racismo em 2018 e cogita não se dispôr à recondução ao cargo, no segundo semestre, quando precisaria do apoio do presidente
Deltan Dallagnol (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O nome do procurador Deltan Dallagnol, que ganhou notoriedade na Operação Lava Jato, está mais forte do que nunca para ser um dos indicados para a Procuradoria Geral da República no segundo semestre.

Rachel Dodge, atual chefe da PGR, dá sinais de que não tem interesse na reeleição – ou que sabe que sua escolha à recondução ao cargo é improvável. [1][2]

Indicado pelo presidente da República, o Procurador-Geral é o responsável, entre outras missões, por denunciar políticos e figuras do alto escalão com foro privilegiado ao Supremo Tribunal Federal. Foi Dodge quem, no passado, denunciou Jair Bolsonaro por racismo. Foi Dallagnol que, na primeira instância, denunciou Lula a Sergio Moro. [3]





De acordo com o jornalista Reinaldo Azevedo, em sua coluna publicada na última sexta-feira (1º) no jornal Folha de S. Paulo, a nomeação de Dallagnol também teria um apoio de peso. Ele estaria entre os nomes da “lista pessoal” do Ministro da Justiça, Sergio Moro.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama