fbpx

‘Por mais errado que seja Maduro, é problema dos venezuelanos’, escreve Lula

Ex-presidente criticou os Estados Unidos, falou de bloqueios econômicos, mas em nenhum momento desculpou-se por ter apoiado o regime chavista que resultou em ditadura
Nicolás Maduro e Lula (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Compartilhe

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva revelou em carta enviada ao escritor Fernando de Moraes na última sexta-feira (22) um pouco de seus posicionamentos sobre a crise da Venezuela. [1]

No texto, redigido a mão, Lula – que é condenado por corrupção e lavagem de dinheiro -, afirmou que “por mais errado que seja o Maduro, ele é problema para os venezuelanos e não para os americanos”.

[wp_ad_camp_1]

A carta também possui crítica a bloqueios econômicos e cita Cuba duas vezes: primeiro, ao dizer que a ilha caribenha sabe o que é sofrer embargo pelos americanos e, segundo, ao citar uma frase do ditador Fidel Castro, morto em 2016, que defendia que a história lhe absolveria, apesar de suas ações controversas.

Leia também:  RS: civis e empresários locais se unem enquanto o Estado prefere Madonna

Em nenhum momento, Lula desculpou-se por ter apoiado o regime chavista ou mostrou preocupação com a crise institucional venezuelana, que inclui prisões políticas e envolvimento com o crime organizado.

Foto: Reprodução

[wp_ad_camp_3]

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?