fbpx
PUBLICIDADE

Constantino: ‘Reforma da Previdência foi séria e dura com a elite do funcionalismo’

Presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Liberal elogiou medida apresentada pessoalmente por Bolsonaro e pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, ao Congresso
Onyx Lorenzoni, Jair Bolsonaro, Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e Paulo Guedes (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Onyx Lorenzoni, Jair Bolsonaro, Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e Paulo Guedes (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro foi na manhã desta quarta-feira (19) ao Congresso entregar pessoalmente a proposta final da reforma da Previdência. A medida foi elogiada pelo economista Rodrigo Constantino, presidente do conselho deliberativo do Instituto Liberal. [1]

PUBLICIDADE

No Congresso, e ao lado do Ministro da Economia, Paulo Guedes, e do Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, Bolsonaro foi recebido pelos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, que discursaram em favor da medida.

Considerada menos leve do que a reforma de Michel Temer, a medida propõe a contribuição mínima de 20 anos para trabalhadores na iniciativa privada se aposentarem por idade (antes, era 15 anos) e regras mais rigorosas para o funcionalismo público. Neste segmento, acabará a aposentadoria por tempo de contribuição.

PUBLICIDADE

“Bolsonaro tem um histórico corporativista de votos contra reformas? Ok, mas está totalmente redimido. Não só reconheceu o erro, mas apresentou uma reforma séria, dura com a elite privilegiada dos funcionários públicos, seguindo de fato recomendações do seu ‘posto Ipiranga’, Paulo Guedes. Parabéns, presidente! Agora o Congresso tem que aprovar sem muitas emendas”, escreveu Constantino nas redes sociais.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama