PUBLICIDADE


Cantor Roberto Carlos surpreende fãs ao falar sobre porte de armas

Artista abordou o tema relembrando que o pai portava uma arma; ele também foi perguntado sobre a frase “meninos vestem azul e meninas vestem rosa”

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução/Facebook)

O cantor Roberto Carlos surpreendeu fãs em coletiva de imprensa na turnê “Emoções Em Alto Mar” neste domingo (17) ao opinar sobre a facilitação da posse de armas de fogo. [1]

“Desculpem se vou decepcionar alguns de vocês, mas vivemos numa guerra. Não dá para uma pessoa andar armada e outra andar desarmada. Cresci vendo meu pai com uma arma em casa. Ele guardava numa gavetinha. Ele tinha uma chave, trancava a gavetinha com a chave, e à noite, ele tirava a arma e botava debaixo do travesseiro. É uma coisa que precisa ser analisada com muito cuidado, mas vivemos numa guerra”, opinou.


PUBLICIDADE



No evento, o cantor estava vestido de rosa, o que fez com que se cogitasse que fosse uma referência à fala da ministra da Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, de que “meninos vestem azul e meninas vestem rosa”.

Questionado sobre o assunto, Roberto Carlos evitou um comentário objetivo, dizendo que queria “fugir um pouco do azul” e veste rosa porque se “garante”.

Não é a primeira vez, contudo, que o cantor dá indícios e opiniões leves sobre seu posicionamento político. Em 2018, o rei havia elogiado o juiz Sérgio Moro, afirmando que o trabalho dele e das instituições “é uma coisa maravilhosa” e que “nos consola, nos anima e, principalmente, pelo crédito que a gente dá ao Sérgio Moro e tudo que ele começou e está fazendo”. Na ocasião, o artista afirmou que o juiz merece todo apoio e aplauso da sociedade.


Editado às 08h16 do dia 18/02: Originalmente, o título apresentou um erro e descreveu o cantor com outro nome. A informação foi corrigida.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Leia também:  Clube Militar declara endosso às manifestações pró-governo
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.