PUBLICIDADE


Após o resultado, Marcel van Hattem agradece apoio na disputa da Câmara

Deputado federal mais votado do Rio Grande do Sul recebeu 23 votos e ficou em quinto lugar entre os sete candidatos à presidência da Câmara, mas comemorou ter recebido votos além do próprio partido

- Publicado no dia
Foto: Reprodução

A Câmara dos Deputados reelegeu em primeiro turno nesta sexta-feira (1º) o deputado federal Rodrigo Maia (DEM/RJ) como presidente da Casa. Apoiado por uma ampla coalizão de partidos, entre os quais o PSL e o PC do B, Maia obteve 334 votos dos 513 parlamentares. Entre os setes candidatos, Marcel van Hattem (NOVO/RS) ficou em quinto lugar, com 23 votos.

Ao lado de Kim Kataguiri (DEM/SP) – que havia retirado sua candidatura para apoiar o gaúcho -, van Hattem agradeceu o apoio em curta transmissão ao vivo nas redes sociais:


PUBLICIDADE


“A gente continua imbuído com essa vontade de mudar o Brasil. Cada atitude aqui dentro vai ser para isso”, afirmou o parlamentar, observando que recebeu 15 votos além do Partido Novo. [2]

Estreante no Congresso, o NOVO também se manifestou nas redes sociais após o fim da votação. Em nota, afirmou que “recebeu com grande satisfação a votação expressiva de Marcel van Hattem”. [3]

“O NOVO não fez parte de nenhum bloco, ainda assim recebeu 23 votos no total, o que mostra que as ideias do NOVO ganham cada vez mais espaço e reconhecimento. O NOVO somos todos nós e estamos apenas começando”, diz o texto.

Candidato à presidência da República pelo partido em 2018 e fundador da legenda, João Amoêdo esteve presente na posse.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Leia também:  Com taxa de R$ 4 mil, NOVO abre seleção para candidatos a prefeito em 2020
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.