fbpx
PUBLICIDADE

Eduardo Bolsonaro divulga novos laços com movimento de Steve Bannon

Filho do presidente Jair Bolsonaro anunciou que assumirá como "líder do Brasil" do grupo "The Movement", de viés nacionalista, para lutar contra o globalismo e atuar pela América Latina
Eduardo Bolsonaro e Steve Bannon (Foto: Reprodução/Instagram)

Eduardo Bolsonaro e Steve Bannon (Foto: Reprodução/Instagram)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) anunciou na noite desta quinta-feira (31) nas redes sociais que se juntou ao “The Movement”, grupo criado pelo estrategista eleitoral norte-americano Steve Bannon, como “líder no Brasil, representando todas as nações da América Latina”. [1]

Bannon ganhou notoriedade por ter sido o diretor-executivo da campanha eleitoral que levou Trump à Casa Branca. Nos primeiros meses de mandato, chegou inclusive a assessorar o presidente dos Estados Unidos em assuntos estratégicos, mas acabou demitido.

Após essa fase, o americano decidiu criar um “supergrupo” para influenciar os países da Europa em uma guinada à direita nacionalista e contra o globalismo.





Em entrevista à Allan dos Santos, do site Terça Livre, Bannon se mostrou preocupado com a preservação dos valores judaico-cristãos e com o marxismo cultural.

Para Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, sua atuação vai visar “recuperar a soberania surrupiada pelas forças elitistas globalistas progressistas e expandir o nacionalismo para todos os cidadãos da América Latina”.

“Muito mais virá quando nós juntarmos nossas forças pela prosperidade e mantermos a cultura milenar ocidental”, concluiu o deputado.





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama