fbpx
PUBLICIDADE

Líder da Assembleia da Venezuela se declara presidente e Brasil reconhece

Juan Guaidó é presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, colegiado de parlamentares que, embora eleitos, não são reconhecidos como legítimos pelo governo Maduro
Juan Guaidó (Foto: Federico Parra/AFP)

Juan Guaidó (Foto: Federico Parra/AFP)

O presidente do Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, se declarou, nesta quarta-feira (23), presidente interino do país. A medida veio dias após Guaidó especular essa possibilidade e logo depois de grandes manifestações populares contra Maduro tomarem as ruas de Caracas, nos últimos dias. [1]

Considerado um dos principais nomes da oposição do país, o presidente já recebeu o reconhecimento de países como o Brasil e os Estados Unidos, que não haviam reconhecido o novo mandato de Nicolás Maduro, sucessor de Hugo Chávez.

A Venezuela sofre inédita crise humanitária e econômica. A Assembleia Nacional da Venezuela da qual Guaidó é presidente, contudo, não é reconhecida por Maduro como legítima.





Nota do Itamaraty

Em nota enviada à imprensa, o Ministério das Relações Exteriores, comandado pelo diplomata Ernesto Araújo, afirmou que reconhece Guadó como “presidente encarregado da Venezuela” e que o Brasil “apoiará política e economicamente o processo de transição para que a democracia e a paz social voltem à Venezuela”. [2]





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama