PUBLICIDADE


Ministro da Infraestrutura de Bolsonaro quer fortalecer sistema ferroviário

Objetivo defendido por muitos liberais e conservadores de investir no sistema ferroviário brasileiro está na meta do novo ministro à frente da pasta

- Publicado no dia
Tarcísio Gomes de Freitas (Foto: Wilson Dias / Agência Brasil)

O Ministro da Infraestrutura do governo Bolsonaro, Tarcísio Gomes de Freitas, divulgou um vídeo nas redes sociais neste sábado (20) sobre as primeiras medidas e as metas da pasta. Para ele, o modelo ferroviário do Brasil precisa ser reformado e uma das primeiras medidas é fazer a concessão de três ferrovias até 2020.

Para ele, o plano é “ambicioso, mas possível”. A Ferrovia Norte-Sul será a primeira, a ser colocada em licitação já em março, ligando Porto Nacional, em Tocantins, a Estrela d’Oeste, em São Paulo. “Vamos ter uma grande espinha dorsal ferroviária e isso vai ser transformador para o país”, afirmou.


PUBLICIDADE



As outras concessões de ferrovias pretendidas por Tarcísio são a da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, na Bahia, e a da Ferrogrão, “que vai ter um potencial transformador para o agronegócio do Mato Grosso”, o que Freitas chama de “segunda revolução do agronegócio”. Com todas as medidas planejadas, a ideia é que, até 2025, a importância do setor ferroviário na matriz de transporte seja dobrada. Confira o vídeo na íntegra:

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.