PUBLICIDADE


Posse de Armas: com menos homicídios, SP quase fica fora da ‘efetiva necessidade’

Decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro prevê que seja utilizado como parâmetro da efetiva necessidade em área urbana índice de homicídios a cada 100 mil habitantes do Atlas da Violência 2018

- Publicado no dia
Polícia de São Paulo patrulha rua. (Foto: GGN)

O decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro no início da tarde desta terça-feira (15) prevê que o índice de violência em regiões urbanas seja considerado como justificativa de efetiva necessidade.

Para mensurar a violência, a medida afirma que devem ser levados em consideração dados do Atlas da Violência 2018 relativos ao ano de 2016. De acordo com o documento, todos os estados do país possuem índices superiores à taxa de dez homicídios a cada 100 mil habitantes.


PUBLICIDADE



Em 2016, contudo, São Paulo foi o estado menos o violento nesse país a julgar por esse parâmetro. Foram registrados apenas 10,9 homicídios no índice, um pouco na frente de Santa Catarina, que registrou 14,2. Por pouco, os paulistas não ficam de fora dessa justificativa – que deve ser a mais usada para moradores de cidade.[1]

Confira, abaixo, a íntegra:

Foto: Reprodução/Atlas da Violência 2018

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.