fbpx
PUBLICIDADE


Bolsonaro assina decreto que facilita posse de armas e relembra referendo

Presidente cumpre parte da promessa de campanha e afirma que o tema sempre esteve presente em suas andanças pelo país; Bolsonaro relembrou decisão do povo em referendo de 2005

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / O Portal n10)

O presidente Jair Bolsonaro assinou, no início da tarde desta terça-feira (15), o decreto que facilitará a posse de armas no Brasil. A íntegra do texto deve ser publicada em edição extraordinária do Diário Oficial nas próximas horas.

No discurso, Bolsonaro relembrou o referendo de 2005, onde a população se posicionou contrária à proibição do comércio de armas.

“O povo decidiu por comprar armas e munições e nós não podemos negar o que o povo quis naquele referendo”, afirmou o presidente, ressaltando que a medida que tomou trata-se exclusivamente sobre a posse de armas de fogo.


PUBLICIDADE



“Outras coisas, envolverão, obviamente, mudança na lei. Iniciativas que deputados como o Peninha tratarão”, explicou. Recentemente, Bolsonaro disse em entrevista ao SBT que também atuará para aumentar as possibilidades de porte – ou seja, de não apenas possuir uma arma de fogo dentro de casa ou do trabalho, como levá-la para a rua.

O presidente também afirmou que a questão da arma de fogo sempre esteve presente enquanto conversou com eleitores e apoiadores por todo o Brasil.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.