PUBLICIDADE


Real se valoriza frente ao dólar no começo do governo Bolsonaro

O real está à frente do rublo da Rússia e do rand da África do Sul entre as moedas que mais se fortaleceram neste começo de ano; Bovespa também teve alta

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Aqui Notícias)

As primeiras indicações do governo Bolsonaro no momento econômico são positivas. Considerando um ranking de 143 países, o real foi a moeda que mais se valorizou perante o dólar neste começo de 2019. [1]

O dólar já teve a quarta semana consecutiva de queda, acumulando baixa de 5,12% nos últimos trinta dias. Na sexta-feira (11), o dólar chegou a superar os R$ 3,72, fechando o dia em alta de 0,16% a R$ 3,7135. Paulatinamente, os investidores estrangeiros começaram a voltar à bolsa e ingressaram com R$ 63,543 milhões na quarta-feira (9), apesar de isso não eliminar o saldo ainda negativo.

Já a Bovespa conseguiu a segunda maior alta global, subindo 6,57%, desempenho apenas inferior ao do índice Merval, Argentina (11,95%), de acordo com a provedora de informações financeiras Economatica. Apenas em 2019, a moeda brasileira já acumula valorização de 4,3% ante o dólar, vindo logo atrás o rublo, da Rússia (3,9%) e o rand, da África do Sul (3,6%). [2]


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.