PUBLICIDADE


Após novo banimento, Eduardo Bolsonaro compara Facebook com Alemanha Nazista

Deputado federal do PSL de São Paulo e filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo criticou o que chamou de “censura” da rede social sem explicar as motivações

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Jornal de Brasília)

Filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) comparou nesta sexta-feira (11) a rede social Facebook com a Alemanha Nazista, liderada por Adolf Hitler entre 1933 e 1945. [1]

A crítica, publicada no Twitter, veio após o deputado federal eleito Paulo Martins (PSC/PR) informar que o Facebook baniu, novamente, seu novo perfil no Facebook.


PUBLICIDADE



“O Facebook censura sem nem explicar o porquê. Se tivessem razão no banimento, certamente eles escrachariam os argumentos. Fatos assim você via comumente na Alemanha nazista dos anos 1930 e agora em 2018 nas redes sociais”, ponderou.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.