fbpx
PUBLICIDADE


Após novo banimento, Eduardo Bolsonaro compara Facebook com Alemanha Nazista

Deputado federal do PSL de São Paulo e filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo criticou o que chamou de “censura” da rede social sem explicar as motivações

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Jornal de Brasília)

Filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) comparou nesta sexta-feira (11) a rede social Facebook com a Alemanha Nazista, liderada por Adolf Hitler entre 1933 e 1945. [1]

A crítica, publicada no Twitter, veio após o deputado federal eleito Paulo Martins (PSC/PR) informar que o Facebook baniu, novamente, seu novo perfil no Facebook.


PUBLICIDADE



“O Facebook censura sem nem explicar o porquê. Se tivessem razão no banimento, certamente eles escrachariam os argumentos. Fatos assim você via comumente na Alemanha nazista dos anos 1930 e agora em 2018 nas redes sociais”, ponderou.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição de R$ 99,90 ao ano, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e na nossa listagem do WhatsApp. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.