PUBLICIDADE


Gabinete de Holiday é atingido por tiro após aprovação da reforma da previdência

Vereador de São Paulo e coordenador do Movimento Brasil Livre ouviu estrondo enquanto estava no gabinete e percebeu buraco na janela; para o MBL, tratou-se de ‘tentativa de assassinato’

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/Facebook

O gabinete do vereador Fernando Holiday (DEM/SP), coordenador nacional do Movimento Brasil Livre, na Câmara Municipal de São Paulo, foi alvejado na tarde desta quarta-feira (26) após a aprovação da reforma da previdência municipal.

“Agora pouco estava na janela do 5º andar, onde fica meu gabinete, quando fui hostilizado por baderneiros e ouvimos um barulho alto de vidro estilhaçando. Eu e minha equipe vimos esse buraco e chamamos a segurança da CMSP. A PM solicitará a pericia para confirmar o projetil”, escreveu nas redes sociais Holiday. [1]

Holiday foi o relator do projeto da reforma da previdência, aprovado nesta quarta por 33 votos a 17. Embora tenha sido essencial para recuperar o equilíbrio orçamentário da cidade, a reforma contou com o protesto agressivo de grupos sindicalistas e de vândalos.

Segundo o portal do MBL News, a Polícia Militar investigará se o tiro pode ter sido na tentativa de atingir o vereador. Em tweet, afirmou que o vereador sofreu “uma tentativa de assassinato”. [2][3]

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.