fbpx
PUBLICIDADE


Jair Bolsonaro critica exclusão de perfis do Facebook

O presidente eleito considerou muito grave a atitude tomada pela empresa de Zuckerberg e apontou o que considera uma ameaça à liberdade de expressão

(Edilson Dantas / O Globo)

O presidente eleito Jair Bolsonaro, a poucos dias de sua posse como presidente da República, comentou neste sábado (22) em seu Twitter a exclusão de páginas e perfis da rede social Facebook. Mais de dez páginas desapareceram, entre elas a do deputado federal eleito Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), banido definitivamente.

De acordo com Bolsonaro, “a liberdade de expressão tem que ser respeitada, inclusive quando você é atacado e legalmente responde”. A atitude do Facebook de, mais uma vez, excluir uma leva de páginas notoriamente vinculadas a teses liberais ou conservadoras foi, na avaliação do presidente, “muito grave”.


PUBLICIDADE



Em seguida, um dos donos do canal do Youtube Terça Livre, Allan dos Santos, usou seu perfil no Twitter para enaltecer a manifestação de Bolsonaro. Para ele, é a primeira vez em que um presidente eleito defende jornalistas banidos sem justificativa, enquanto a diretoria da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo nada diz.

★ ★ ★

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo...

...mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.


➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Muito obrigado!



PUBLICIDADE



Comentários