PUBLICIDADE


Jair Bolsonaro critica exclusão de perfis do Facebook

O presidente eleito considerou muito grave a atitude tomada pela empresa de Zuckerberg e apontou o que considera uma ameaça à liberdade de expressão

- Publicado no dia
(Edilson Dantas / O Globo)

O presidente eleito Jair Bolsonaro, a poucos dias de sua posse como presidente da República, comentou neste sábado (22) em seu Twitter a exclusão de páginas e perfis da rede social Facebook. Mais de dez páginas desapareceram, entre elas a do deputado federal eleito Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), banido definitivamente.

De acordo com Bolsonaro, “a liberdade de expressão tem que ser respeitada, inclusive quando você é atacado e legalmente responde”. A atitude do Facebook de, mais uma vez, excluir uma leva de páginas notoriamente vinculadas a teses liberais ou conservadoras foi, na avaliação do presidente, “muito grave”.


PUBLICIDADE



Em seguida, um dos donos do canal do Youtube Terça Livre, Allan dos Santos, usou seu perfil no Twitter para enaltecer a manifestação de Bolsonaro. Para ele, é a primeira vez em que um presidente eleito defende jornalistas banidos sem justificativa, enquanto a diretoria da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo nada diz.

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Leia também:  Italiano foragido Cesare Battisti é preso na Bolívia
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.