fbpx

Jair Bolsonaro critica exclusão de perfis do Facebook

O presidente eleito considerou muito grave a atitude tomada pela empresa de Zuckerberg e apontou o que considera uma ameaça à liberdade de expressão
(Edilson Dantas / O Globo)

O presidente eleito Jair Bolsonaro, a poucos dias de sua posse como presidente da República, comentou neste sábado (22) em seu Twitter a exclusão de páginas e perfis da rede social Facebook. Mais de dez páginas desapareceram, entre elas a do deputado federal eleito Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), banido definitivamente.

De acordo com Bolsonaro, “a liberdade de expressão tem que ser respeitada, inclusive quando você é atacado e legalmente responde”. A atitude do Facebook de, mais uma vez, excluir uma leva de páginas notoriamente vinculadas a teses liberais ou conservadoras foi, na avaliação do presidente, “muito grave”.

[wp_ad_camp_1]

Em seguida, um dos donos do canal do Youtube Terça Livre, Allan dos Santos, usou seu perfil no Twitter para enaltecer a manifestação de Bolsonaro. Para ele, é a primeira vez em que um presidente eleito defende jornalistas banidos sem justificativa, enquanto a diretoria da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo nada diz.

[wp_ad_camp_3]

Leia também:  Bolsonaro pode ser preso? Juristas explicam
Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?