PUBLICIDADE


Em SP e no RJ, NOVO quer tentar a presidência das assembleias

Em ambos os estados, os incumbidos na missão de tentar o comando das casas legislativas devem ser os deputados estaduais mais votados do partido; no Rio Grande do Sul, bancada ainda está avaliando o cenário

- Publicado no dia
Plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo (Foto: Divulgação)

O Partido Novo deve lançar nomes para disputar a presidência das assembleias legislativas de São Paulo e do Rio de Janeiro. A legenda elegeu bancadas com quatro e dois deputados nesses estados, respectivamente.

No Rio de Janeiro, quem deve tentar o comando da ALERJ é o deputado estadual eleito Chicão Bulhões, de 30 anos e advogado. Ele foi o mais votado da nominata, elegendo-se com 26.335 votos.

“Chegamos à conclusão de que o lançamento de uma candidatura própria à presidência da ALERJ é a melhor forma de garantir que esses anseios não passarão desapercebidos. Preparamos um conjunto de medidas efetivas para melhorar a governança da casa. São propostas focadas em transparência, maior participação da sociedade, fiscalização e boa gestão dos recursos públicos”, afirmou Bulhões, em um comunicado enviado à imprensa.


PUBLICIDADE


Já em São Paulo, como apurou o Boletim da Liberdade, quem deve disputar a presidência da ALESP pelo NOVO é o deputado eleito Daniel José. Assim como Bulhões, Daniel foi o mais votado da nominata local, obtendo um total de 197.338 votos, ficando na sexta posição entre os candidatos gerais.

No Rio Grande do Sul, a hipótese de uma candidatura própria ao comando da ALERS ainda não está confirmada. Para Fabio Ostermann, líder da nominata, a bancada composta por ele e pelo deputado estadual eleito Giuseppe Riesgo ainda está avaliando o cenário “com cautela”.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.