PUBLICIDADE


Bolsonaro é diplomado como Presidente da República no TSE

O presidente eleito teve reconhecido seu direito de tomar posse em janeiro de 2019 para comandar o Brasil pelos próximos quatro anos

- Publicado no dia
O presidente eleito cercado pelos ministros do TSE (Foto: Reprodução / Destak)

O presidente eleito Jair Bolsonaro e seu vice, o general Hamilton Mourão, tiveram um compromisso muito importante na tarde desta segunda-feira (10). Em cerimônia oficial no Tribunal Superior Eleitoral, a chapa foi diplomada, reconhecendo-se formalmente o resultado das eleições de 2018.

Após a execução do hino nacional e o recebimento do diploma, conferido pela atual presidente do TSE, a ministra Rosa Weber, Bolsonaro fez um breve discurso exaltando a vitalidade democrática demonstrada nas eleições do último mês de outubro e prometendo dedicação para inserir o Brasil entre as grandes nações do mundo. O presidente eleito chamou a atenção para o fato de que o aproveitamento significativo das redes sociais para conectar eleitores e representantes confirmou que o “poder popular não precisa mais de intermediação”.


PUBLICIDADE



Bolsonaro também enfatizou que a “segurança pública” e “a igualdade de oportunidades, com respeito ao mérito e ao esforço individual” serão valores e preocupações fundamentais de sua gestão. Disse ainda que sua visão de governo será marcada pela busca do “estado eficiente” e de oferecer “condições para que o empreendedor crie empregos e gere renda ao trabalhador”, bem como prometeu governar pelo bem de todos, independentemente de terem votado nele ou não.

A sessão ainda contou com um discurso da ministra Rosa Weber, em que ela ressaltou os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e a necessidade de respeito às leis e às minorias.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Leia também:  Livres emite nota considerando manifestações pró-Bolsonaro 'antiliberais'
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.