fbpx
PUBLICIDADE

Interventor federal em Roraima diz que restringirá entrada de venezuelanos

O interventor é o próprio governador eleito do estado para o período iniciado no ano que vem, que substitui antecipadamente a atual governadora
Antonio Denarium (Foto: Reprodução / Blogs NE10)
Antonio Denarium (Foto: Reprodução / Blogs NE10)
PUBLICIDADE

O presidente Michel Temer decidiu na última sexta-feira (7) realizar uma intervenção federal também em Roraima. Ao contrário de um militar, o interventor será o governador eleito, Antonio Denarium (PSL), afastando-se a governadora atual, Suely Campos (PP). Denarium fez neste domingo (9) uma declaração enfática sobre suas medidas para contornar a crise migratória no estado. [1] [2]

PUBLICIDADE

Denarium afirmou que a entrada de venezuelanos, que vêm em fuga das consequências do regime chavista e do governo de Nicolás Maduro, será restringida. “Nós vamos fazer um trabalho junto com o governo federal de restringir a entrada dos venezuelanos no Brasil e vamos fazer também um trabalho de interiorização dos venezuelanos para outros estados do Brasil”, disse o governador eleito à Globonews.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, já havia ressaltado a necessidade de promover a interiorização. Denarium acrescentou: “Roraima tem pouco mais de meio milhão de habitantes e a Venezuela 30 milhões de habitantes. Nós não temos estrutura, não temos como atender tantos venezuelanos”.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama