fbpx

Paulo Guedes anuncia que haverá secretaria dedicada a privatizações

Futuro Ministro da Economia do governo Jair Bolsonaro deixou claro a jornalistas que pretende institucionalizar política de desestatização para ser marcada como uma das prioridades da nova gestão
Paulo Guedes (Foto: Andre Valentim / Veja)

O liberal Paulo Guedes, futuro Ministro da Economia do presidente Jair Bolsonaro, afirmou nesta terça-feira (20) a jornalistas que o órgão contará, a partir do ano que vem, com uma “Secretaria de Privatizações”. [1][2]

Entusiasta da desestatização, Guedes já defendeu a privatização de todas as estatais, mas reconheceu que faz isso para que se chegue a um número substancial de empresas a serem vendidas. Bolsonaro, por sua vez, já afirmou diversas vezes que considera algumas companhias estratégicas, entre elas a Petrobras.

[wp_ad_camp_1]

Em entrevista à Folha de S. Paulo, o economista também já chegou a mencionar a possibilidade de o tesouro arrecadar cerca de R$ 1 trilhão em ativos vendidos, o que poderia ser usado para reduzir a dívida pública.

Segundo a agência de notícias Reuters, a ideia de institucionalizar a política de privatizações por meio de um órgão próprio é “sinalizar essa ação como uma das prioridades” da gestão Bolsonaro.

Relembre, abaixo, propagandas do governo Fernando Collor a favor de privatizações:

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?