fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro quer quebrar sigilo do BNDES na primeira semana e deixa recado a Levy

Presidente eleito Jair Bolsonaro falou que se o futuro presidente do BNDES, Joaquim Levy, não aceitar quebrar o sigilo do banco (a "caixa-preta") na primeira semana, está fora
Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução / El País)
(Foto: Reprodução / Jornal do Commercio)

O presidente eleito Jair Bolsonaro reafirmou em áudio nesta segunda-feira (11) ao site O Antagonista que pretende “abrir a caixa-preta do BDNES”, inclusive suspendendo eventuais sigilos. [1]

“Eu quero a suspensão do sigilo do BNDES sem exceção. Isso vai ser tratado dessa maneira. Se não abrir [a caixa-preta] na primeira semana, está fora!”, disse, em referência à nomeação de Joaqum Levy, futuro presidente do BNDES.

Sobre a nomeação do economista, que foi Ministro da Fazenda da ex-presidente Dilma Rousseff, o presidente eleito afirmou que “foi uma decisão do Paulo Guedes”, que pediu um “voto de confiança” e que não há que o desabone.





 

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama