SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Partido do presidente eleito do México dá passo para a legalização da maconha

O partido “Morena” tem maioria no Congresso do país e deve conseguir aprovar a medida com facilidade no ano que vem; ideia é reduzir conflitos

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Notícias ao minuto)

O Morena, partido de López Obrador, eleito para presidir o México, apresentou nesta quinta-feira (8) um projeto de lei para legalizar e regulamentar o consumo, produção e venda de maconha no país. A legenda é predominante no Congresso e os analistas acreditam que não terá dificuldades para aprovar a medida. [1]

No México, o tráfico é muito presente nos conflitos entre o governo e criminosos, com dezenas de mortes e desaparecimentos registrados nos últimos anos. O próximo governo espera reduzir as taxas de criminalidade com a aprovação da lei.


PUBLICIDADE



A apresentadora do projeto no Senado, Olga Sánchez Cordero, comentou: “Temos que repensar a política de drogas no nosso país. É hora de mudar, porque sempre foi um discurso polêmico. O combate frontal por meio das armas só produziu mais mortes no nosso país. Não somos a favor da liberação absoluta das drogas, mas da regulação da cannabis“.

Indo na mesma direção, o Supremo Tribunal de Justiça mexicano, na semana passada, decidiu a favor de um cidadão que denunciou que vários artigos da Lei Geral de Saúde relativos à maconha atentavam contra o seu direito de se desenvolver plenamente como pessoa. Foi a quinta decisão do Tribunal seguindo essa linha, estabelecendo uma jurisprudência.

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.