PUBLICIDADE


SBT retoma slogan ‘Brasil: ame-o ou deixe-o’; emissora alega desconhecer relação com o regime militar

Vinhetas veiculadas nesta terça exaltavam o amor ao país, mas usando referências da época do regime militar, especialmente do governo Médici

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / SBT)

O Sistema Brasileiro de Televisão veiculou nesta terça-feira (6) vinhetas de exaltação ao Brasil. O detalhe importante é que a maioria delas faz referência a slogans ou músicas popularizados durante o regime militar.

O slogan “Brasil: ame-o ou deixe-o”, por exemplo, era um lema propagandeado durante o governo Médici. Já a música “Eu te amo, meu Brasil”, da banda Os Incríveis, ficou muito associada ao período.

As vinhetas geraram repercussão nas redes sociais. O SBT deixou de veicular a vinheta com o slogan do governo Médici e alegou, por meio de sua assessoria de imprensa, desconhecer a conexão do lema com o regime militar, bem como estar interessado apenas em deixar uma mensagem de união e patriotismo. Confira duas das vinhetas veiculadas:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.