SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



RJ: Guarda Municipal agride cidadão pacífico e causa revolta nas redes sociais

Cidadãos ficaram inconformados com a agressão, gravaram a cena e divulgaram em grupos nas redes sociais; na internet, pedem o afastamento do guarda municipal

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/Facebook

Um guarda municipal do Rio de Janeiro agrediu um cidadão pacífico na tarde desta quarta-feira (7) no bairro de Copacabana. Cidadãos, inconformados com o episódio, gravaram as cenas e divulgarem nas redes sociais, causando comoção em internautas. [1]

A situação que levou a agressão não é suficientemente clara, mas mostra dois guardas chamando a atenção de um cidadão e orientando-o a ir embora. Em seguida, impaciente, o guarda agressor confere três socos no rosto do transeunte, que não reage, se senta e põe a mão no rosto.


PUBLICIDADE



Nas redes, o policial é chamado de covarde e por ter feito uma agressão desproporcional. Internautas lembram que não é a primeira vez que a Guarda Municipal tem episódios envolvendo autoritarismo.

Boletim da Liberdade procurou a assessoria de imprensa da Guarda Municipal do Rio de Janeiro, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria.

Assista:


ATUALIZADO às 14h05 do dia 08/11: A Assessoria de Imprensa da Guarda Municipal do Rio de Janeiro respondeu o contato do Boletim da Liberdade e afirmou a instituição irá abrir sindicância para apurar o caso e que o guarda agressor será afastado.

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo