SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Na Câmara, NOVO proporá que partidos possam devolver fundo partidário

NOVO receberá em 2019 cerca de R$ 27 milhões, mas o partido tem a política de não utilizar dinheiro público para a manutenção de suas atividades; legenda cobra mensalidade de seus filiados

- Publicado no dia
Primeiros deputados federais eleitos pelo Partido Novo para a Câmara dos Deputados (Foto: Reprodução/Facebook)

Por ter eleito oito deputados federais, o Partido Novo receberá em 2019 a importância de R$ 27 milhões de fundo partidário. Enquanto que muitos partidos estariam refletindo como usar esse dinheiro, o NOVO promete não utilizar os recursos. A legenda é contra o financiamento público de partidos e campanhas eleitorais. [1][2]

Em publicação no Twitter, João Amoêdo, ex-candidato a presidente da legenda e fundador do NOVO, afirmou que os deputados federais eleitos pelo partido vão propor no Congresso que o valor seja devolvido para o Tesouro Nacional.


PUBLICIDADE



Até lá, os recursos devem ficar guardados em uma conta bancária sem movimentação junto com outros R$ 4 milhões que o partido já recebeu anteriormente.

Repercussão

O blogueiro Felippe Hermes, da página “Spotniks”, no entanto, sugeriu outro uso desse dinheiro. “Doe esta grana a uma prefeitura do interior para implementar o modelo de educação que o NOVO defende. Estes 27 milhões são maiores que o orçamento pra educação de 90% das cidades do país”, escreveu o influenciador também no Twitter em resposta à Amoêdo. [3]

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Leia também:  Amoêdo diz ser contrário ao 'Escola Sem Partido', mas admite debate no NOVO
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo