fbpx
PUBLICIDADE

Zema iniciará governo de Minas com corte de secretarias e cargos

O governo de Minas terá o desafio de enfrentar um grande déficit deixado pela gestão petista de Fernando Pimentel; Zema quer redução drástica de secretarias
Romeu Zema (Foto: Reprodução / G1)
Romeu Zema (Foto: Reprodução / G1)

O governador eleito de Minas Gerais pelo Partido Novo, Romeu Zema, anunciou ao jornal O Globo neste domingo (4) o teor de suas primeiras medidas ao assumir o cargo. Ele começará por cortar secretarias e cargos comissionados. [1]

A equipe de transição também sinalizou para a dispensa do palácio dos governadores mineiros e a escolha de nomes técnicos para postos tradicionalmente ocupados por políticos. O governador contará com a ajuda do economista Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central, para equacionar o complicado déficit de R$ 11,4 bilhões em 2019 previsto na Lei Orçamentária Estadual.

“Esse governo é muito importante. Todo mundo está vendo como vitrine do Novo” disse o presidente do partido, Moisés Jardim, reconhecendo que há pouco espaço para erro na gestão de Zema. A meta é fazer uma redução drástica do número de secretarias de 21 para 9. Também ficou definido que os secretários serão escolhidos via processo seletivo, com auxílio de escolas privadas de gestão, como a Fundação Dom Cabral.





Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama