PUBLICIDADE


Sergio Moro deve aceitar convite para ser ministro de Bolsonaro, diz ‘Estadão’

Juiz responsável pela Operação Lava Jato deve se reunir com o presidente eleito Jair Bolsonaro e o vice-presidente eleito, General Mourão, para confirmar que está disposto a assumir pasta da Justiça

- Publicado no dia
Sérgio Moro (Foto: AFP / Evaristo Sá)

A jornalista Sonia Racy, do Estadão, publicou no início da tarde desta quarta-feira (31) que o juiz Sérgio Moro deve aceitar o convite para assumir o Ministério da Justiça. [1]

De acordo com Racy, ele se encontra nesta quinta-feira (1º) no Rio de Janeiro com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, e sue vice, General Mourão, onde deve comunicar-lhes formalmente que está disposto a assumir a pasta da Justiça.

Em nota divulgada na última terça-feira (30), Moro afirmou que o convite seria objetivo “de discussão e reflexão”. [2]


PUBLICIDADE


Bolsonaro havia divulgado na segunda-feira (29) que convidaria o juiz que condenou Lula e foi responsável pela Operação Lava Jato, reconhecido pela rigidez das penas contra corruptos, para o Ministério da Justiça e, quando houver vaga, para uma cadeira no Supremo Tribunal Federal.

Até então, o nome mais forte para assumir o posto de Ministro da Justiça era o advogado Gustavo Bebbiano, assessor direto de Jair Bolsonaro e ex-presidente do PSL.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.